Luiz Gomes

Luiz Gomes, tem 54 anos, é detetive particular desde 1987 formado pela Academia Paulista de Investigações. Aos 21 anos de idade iniciou suas atividades como investigador privado trabalhando nas principais agências de detetives na Cidade do Rio de Janeiro.
Atualmente, dirige a AGÊNCIA GOMES DETETIVES ASSOCIADOS, onde coordena e executa serviços de investigações e inteligência nas áreas cível, familiar, criminal, política e empresarial.
Em 1998, sentindo a necessidade de dividir o conhecimento adquirido, iniciou sua jornada no campo educacional atuando como professor na ABI – Academia Brasileira de Investigação, contribuindo com a sua experiência na formação e capacitação de novos profissionais para o mercado de trabalho. Atualmente, o Detetive Luiz Gomes é diretor de ensino e professor na AIP – ACADEMIA DE INTELIGÊNCIA PRIVADA, com sede no Rio de Janeiro.
Ao longo dos seus 30 anos de atividade, o Detetive Luiz Gomes, além de conquistar o respeito dos colegas de profissão, é reconhecido como um dos principais líderes da classe.
No ano de 2013, em reconhecimento pela sua luta em defesa da classe dos detetives, foi convidado e eleito para exercer o cargo de diretor presidente da ANADIP DO BRASIL – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DETETIVES E INVESTIGADORES PRIVADOS DO BRASIL.
Em novembro de 2016, organizou e presidiu o I SEMINÁRIO NACIONAL DOS DETETIVES PARTICULARES DO BRASIL, que ocorreu na Cidade do Rio de Janeiro.
Como um dos principais lídereres da categoria, o Detetive Luiz Gomes, ao lado de outros importantes nomes da classe, trabalha na Câmara dos deputados e Senado Federal pela regulamentação da profissão e organização de toda categoria, assim como pelo reconhecimento do importante trabalho do detetive particular junto à sociedade, governo e autoridades.

O dever de sigilo na investigação defensiva frente às prerrogativas da advocacia pode ser estendido ao detetive particular?

O dever de sigilo na investigação defensiva frente às prerrogativas da advocacia pode ser estendido ao detetive particular?

1 minuto O Provimento 188/2018 do Conselho Federal da OAB é um marco normativo para o exercício pleno da advocacia e do direito à ampla defesa, sobretudo na área criminal — mas não restrita a ela. O provimento oferece diretrizes para a advocacia praticar a investigação defensiva, tema que vem ganhando notoriedade no país (ainda que com alguns anos de atraso em relação a países como os Estados Unidos ou mesmo países europeus de tradição continental, como a Itália). Entre os pontos duvidosos na Continue lendo

Curso de Formação e Habilitação para Detetive

Curso de Formação e Habilitação para Detetive

menos de 1 minuto Curso de Formação e Habilitação para Detetive Profissional – Lei Federal 13.432/17.INÍCIO: 4 JANEIRO 2020 TURMA RIO DE JANEIRO Venha conhecer o mercado de trabalho que não conhece a palavra CRISE!. Neste curso você vai aprender as principais técnicas de investigações utilizadas pelos detetives para localizar pessoas, documentos, patrimônio, veículos, técnicas de campana para monitorar alvos e lugares, uso de equipamentos tecnológicos de investigação e muito mais. Para quem é este curso? Pessoas de ambos os sexos com tempo livre Continue lendo

O DETETIVE PARTICULAR E O RECONHECIMENTO DO EXERCÍCIO DA PROFISSÃO

O DETETIVE PARTICULAR E O RECONHECIMENTO DO EXERCÍCIO DA PROFISSÃO

3 minutos Em que pese a atividade de investigação no âmbito privado existir desde 1957 quando a Lei 3.099/57 e seu Decreto 50.532/61 regulamentaram a atividade, somente no ano de 2017 veio o reconhecimento da profissão de detetive particular, por meio da Lei 13.432/17. Assim, discorre acerca dos direitos e deveres do profissional, com destaque para o direito de se exercer a profissão. Importante ressaltar que não há registros concretos definindo quando do surgimento da figura do detetive particular no mundo, mas é sabido que Continue lendo

O IMPORTANTE TRABALHO DO DETETIVE NO COMBATE A INDÚSTRIA DA PENSÃO ALIMENTÍCIA

O IMPORTANTE TRABALHO DO DETETIVE NO COMBATE A INDÚSTRIA DA PENSÃO ALIMENTÍCIA

3 minutos É de causar perplexidade uma série de fatos que acontecem diariamente nos tribunais de justiça de todo País, entretanto, embora pudesse ser enumerada aqui uma extensa lista de tais acontecimentos, a presente matéria pretende, de modo despretensioso, focar-se especificamente na indústria que se tornou a prestação de alimentos dos pais a seus filhos menores. Mas antes deste autor ser acusado de machista, quero deixar claro que o objeto desta matéria é aquela grande parcela de homens que age de boa-fé, exatamente na Continue lendo

AIP abre inscrições para nova turma do curso de formação e habilitação para detetive

AIP abre inscrições para nova turma do curso de formação e habilitação para detetive

menos de 1 minuto Pensando em trabalhar como detetive profissional? Já estão abertas as inscrições para o curso avançado de formação e habilitação para detetive da Academia de Inteligência Privada. O curso será ministrado pelo experiente detetive Luiz Gomes, diretor da Agência Gomes Detetives Associados, diretor e professor da AIP – Academia de Inteligência com sede no Rio de Janeiro. Clique no link abaixo para mais informações: https://www.inteligenciaprivada.com/curso-detetive-presencial      

Entidades convocam detetives para 2a Assembleia Nacional da categoria

Entidades convocam detetives para 2a Assembleia Nacional da categoria

1 minuto Entidades de classe, associações, sindicatos, escolas de formação, agências e profissionais do ramo estão se organizando para a 2a ASSEMBLEIA NACIONAL DOS DETETIVES DO BRASIL que será realizada no dia 10 de outubro de 2019 na Câmara dos Deputados – Brasília DF. O evento estará reunindo os principais nomes do mercado que irão debater várias propostas de interesse da categoria, dentre elas, e talvez a mais importante, o PL 9323/17 que cria o registro do detetive profissional na Polícia Federal. Outro tema Continue lendo

Detetive particular é profissão?

Detetive particular é profissão?

1 minuto Como é o trabalho do detetive e como funciona o mercado da investigação profissional. Essas são as principais dúvidas de quem quer trabalhar na profissão. Outra dúvida muito comum e que preocupa bastante os interessados no ramo da investigação é sobre a legalidade da atividade. O trabalho do detetive é garantido por Lei? Um detetive particular pode fazer qualquer tipo de investigação? Investigação não é atribuição exclusiva da Polícia Judiciária e Ministério Público? Estas e outras perguntas estarão sendo respondidas nos próximos Continue lendo

PROVOCANDO INFORMAÇÃO NA INVESTIGAÇÃO

PROVOCANDO INFORMAÇÃO NA INVESTIGAÇÃO

4 minutos O trabalho dos profissionais de investigação privada que atuam na seara criminal é fundamental para o esclarecimento de casos muitas vezes não solucionados. O trabalho do detetive particular é um trabalho silencioso, desenvolvido nos bastidores. No âmbito criminal as informações produzidas pelo trabalho de investigação deste profissional em muitos casos ajudam a preparar as ações policiais. Cabe ao detetive particular ao ser contratado de acordo com o Art. 5 da Lei 13.432/17 fazer um amplo levantamento de informações para identificar novos fatos, Continue lendo

CURSO A EXPRESSÃO FACIAL DAS EMOÇÕES

CURSO A EXPRESSÃO FACIAL DAS EMOÇÕES

1 minuto Imagine como seria sua vida se você fosse capaz de perceber com precisão as emoções de quem está à sua frente através de suas expressões faciais. Poderia conhecer melhor as pessoas com quem se relaciona. Quantos mal entendidos evitaria? quantos negócios fecharia com segurança? 📚 O que você aprenderá: – Como funcionam as emoções, sua estrutura, gatilhos e duração – Como identificar as 7 emoções Básicas na face – Utilizar o FACS (facial action coding system) – Reconhecer a conduta desonesta através Continue lendo

Como é feita uma investigação conjugal?

Como é feita uma investigação conjugal?

3 minutos A complexidade dos relacionamentos atualmente faz com que as desconfianças e suspeitas sejam mais comuns, principalmente devido aos indícios relevados pelo uso do celular. Dessa forma, uma das demandas mais frequentes dos detetives particulares é a investigação conjugal. A investigação conjugal pode ser solicitada quando o parceiro (a) possui qualquer suspeita em relação à companheira (o), pois devido ao sigilo do processo investigativo, ela nunca saberá dessa contratação a menos que relevado pelo próprio marido ou namorado. Saiba como funciona esse tipo Continue lendo