Qual profissão seguir: confira 6 carreiras para pessoas observadoras

Tempo de leitura: 6 minutos

A habilidade de observar nunca vem sozinha. Geralmente, pessoas observadoras são também introspectivas, reservadas, analíticas e ponderadas.

No senso comum estas características não estão entre aquelas que levam ao sucesso profissional, mas pessoas realmente entendidas do assunto sabem que tais qualidades podem ser muito bem aproveitadas e até indispensáveis para determinadas profissões. É só uma questão de “colocá-las” no lugar certo.

O ser humano é complexo, diverso e, com isso, criou também uma sociedade que demanda a aplicação dessa variedade de modos de ser que, por consequência, resultam, dentre outras coisas, em diferentes profissões.

Dessa forma, há lugar para pessoas observadoras e expressivas, para pessoas analíticas e práticas, para pessoas introspectivas e extrovertidas. E ainda consideramos o fato de que ninguém é só uma coisa ou outra, temos predominâncias, mas com a experiência podemos desenvolver e adaptar nossas habilidades para utilizá-las da melhor forma.

Nesse contexto, o sucesso depende mesmo é de uma escolha acertada. Se você é uma pessoa observadora e está lendo este texto, deve estar se perguntando, então, sobre qual profissão seguir.

Como encontrar aquele trabalho que vai criar possibilidades de reconhecimento e expansão das suas habilidades adormecidas e que, talvez, não sejam suficientemente valorizadas onde se encontra agora? A gama de possibilidades é ampla, mas vamos te ajudar com algumas sugestões. Confira!

1. Engenheiro

A habilidade de observação, análise, perfeccionismo e resolução de problemas complexos é uma boa combinação para um engenheiro. Essa profissão exige trato com os cálculos, atenção aos detalhes e bom senso espacial.

Um engenheiro precisa também combinar habilidades teóricas e práticas, inclusive para visualizar a execução das propostas elaboradas em um projeto, isto é, a capacidade de abstração também é uma característica essencial.

Não desanime se a engenharia não estiver entre a sua lista de “qual profissão seguir”. Essas mesmas habilidades podem também ser muito bem aproveitadas nas áreas de arquitetura, urbanismo e afins. Além disso, temos mais algumas sugestões a seguir.

2. Contador

Pessoas observadoras geralmente lidam bem com números, por isso, estamos aqui, novamente, com uma profissão relacionada às habilidades matemáticas.

A profissão de contador também demanda conhecimento da legislação de interesse e do contexto financeiro do cliente. É a associação entre esses conhecimentos com uma exímia capacidade analítica que permite que o bom contador veja solução onde todos só veem problemas.

Todavia, se você tem essas habilidades, mas não se vê como um contador, poderá buscar outras opções profissionais relacionadas à área financeira e, até mesmo, legislativa. No caso da área legislativa, como o Direito, o profissional precisa também desenvolver suas competências para lidar com pessoas.

Ainda não se encontrou? Então, prossiga.

3. Técnico de informática

Tanto a área de TI quanto as outras áreas relacionadas à informática, computação, programação e sistemas, são muito favoráveis para pessoas observadoras e analíticas.

O profissional dessas áreas precisa usar o máximo da sua capacidade de observação e atenção aos detalhes, pois lida com códigos e “jogos lógicos” complexos que podem possuir caracteres muito parecidos com funções completamente diferentes.

Descobertas e criações também encontram espaço nas profissões que se encontram dentro do universo das ciências da computação e adjacentes. Então, se além de tudo você tiver curiosidade e ímpeto criativo, essa pode ser a área de atuação que você procurava para dar o primeiro passo em direção ao seu sucesso profissional.

Todavia, essa também é uma profissão que exige habilidade com os números. Se não for o seu caso, as próximas opções podem ampliar o seu universo, afinal, ser observador não significa, necessariamente, gostar de matemática.

4. Analista de negócios

Se a sua habilidade de observação é voltada para a capacidade de analisar sistemas, organizações, estratégias e descobrir soluções para os problemas que eles apresentam, a profissão de analista de negócios pode ser o seu caminho.

Esse profissional, além de identificar aquilo que está atrapalhando o desenvolvimento do negócio, também precisa ter a capacidade de propor soluções inovadoras que caibam dentro daquela estrutura. A oratória e a persuasão também são características importantes para esse profissional.

Mas, as alternativas de profissões a seguir se você é uma pessoa observadora não param por aqui. Temos mais sugestões que poderão se encaixar melhor nas suas habilidades e aspirações para uma carreira profissional.

5. Gerente de logística

O gerente de logística é um profissional que precisa lidar com uma grande quantidade de dados e com raciocínios que articulam espaço, tempo e qualidade. Nesse contexto, a habilidade de observação deverá, também, se associar à memória e uma atenção atualizada aos acontecimentos.

O senso prático, organização e capacidade de liderança também são, sem dúvida, necessários para esta profissão. Mas, não paramos por aqui, temos mais uma sugestão para você.

6. Detetive particular

Se, além de observador, você também gosta de um pouco de emoção no seu trabalho, lidar com problemas complexos e usar todas as suas habilidades físicas e mentais para ter um bom resultado de forma independente, ser um detetive particular pode ser o seu caminho.

Além da capacidade de observação e análise, um bom detetive particular também precisa ser discreto, ético e ter respostas comportamentais rápidas para situações imprevistas.

Pelo fascínio existente em torno dessa profissão, muitos pensam que ser um detetive particular é coisa de filme, mas não é: existe formação, preparação e mercado para isso. Portanto, se essa área te interessa e suas habilidades se enquadram nesse perfil, é só investir nessa opção.

Estas são apenas algumas das possibilidades profissionais que uma pessoa observadora pode seguir. Consideramos em nossas sugestões aquelas que oferecem boas possibilidades no mercado e que abrangem diferentes tipos de habilidades associadas à observação, afinal, ser observador é apenas uma qualidade que sozinha “não faz verão”.

A decisão sobre qual profissão seguir é muito importante, pois exige investimentos financeiros, emocionais, físicos e de tempo, então, analise bem nossas sugestões e pesquise sobre aquelas profissões que mais te interessaram.

Se você é uma pessoa observadora, pode começar por se observar melhor para entender qual desses caminhos realmente seriam satisfatórios para você ou, ainda, buscar mais alternativas. Importante mesmo é ter em mente que sempre haverá uma opção ideal para o seu perfil!

Gostou das nossas sugestões de qual profissão seguir? Então, compartilhe este texto com os seus amigos nas redes sociais que, assim como você, são observadores e buscam ampliar as suas possibilidades profissionais.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *