Quanto ganha um Detetive Particular?

detetive dinheiro

Esta é uma pergunta que tenho que responder no mínimo de 2 a 5 vezes por dia.

Em cada 10 emails que recebo de pessoas interessadas no curso de formação de Detetive Privado  da Academia de Inteligência Privada, no qual sou diretor de ensino, de duas a cinco perguntas, referem-se ao salário de mercado. São perguntas de pessoas interessadas em saber quanto ganha um detetive particular.

A maioria das pessoas não fazem ideia de quanto ganha um profissional da área.

Apesar da profissão não exigir nenhum grau de conhecimento técnico e de nível superior, uma vez que ainda não foram estabelecidas as normas de formação e capacitação profissional , o salário de mercado deste profissional chega a causar inveja a muitos profissionais cuja formação exigem anos de estudo, preparo e investimentos financeiros altíssimos.

Recentemente um projeto de lei foi enviado à Câmara dos Deputados onde estão sendo debatido o tipo de formação que deve ter este profissional.  Uma vez estabelecido novas regras para atuação no mercado, certamente, a valorização profissional será responsável pelo aumento da procura deste tipo de profissional, assim como, o aumento dos valores cobrados pelos serviços contratados.

Como em todo mercado de trabalho, os valores cobrados sofrem uma enorme discrepância entre os profissionais da área. Chegam a ser 500% de diferença entre um e outro profissional.

Alguns trabalham por diárias que podem variar de R$ 300,00 a R$ 600,00.  Outros trabalham por pacotes semanais e quinzenais que podem chegar a 3 e 4 mil reais. há aqueles que só trabalham por períodos mínimos de 30 dias que podem chegar de 5 a 15 mil reais por cada caso.

Conheço profissionais que faturam em média de 20 a 30 mil reais por mês.  São aqueles profissionais que além de estarem estabelecidos no mercado há muitos anos, criaram sua própria carteira de clientes e só trabalham por indicações de ex-clientes, escritórios de advocacias, bancos, seguradoras, etc.

Para se ter uma ideia de quanto ganha este profissional, basta  pesquisar e descobrir que pessoas de baixa renda não conseguem contratar os serviços de um detetive particular. Uma simples investigação conjugal pode custar até R$ 15.000,00. Já ouvi muita gente dizer que é melhor trocar a mulher  e o marido.

Costumo dizer aos meus clientes que a informação privilegiada e antecipada não tem preço. As tomadas de decisões dependem de informações precisas.

Serviço de investigação particular não é um produto que se compra nas prateleiras do supermercado.

Apesar de encontrar este tipo de serviço sendo oferecido em quase todas as esquinas e classificados de jornais e internet, poucos são os profissionais que conseguem oferecer um serviço de qualidade. E isto ocorre, exatamente, porque a maioria não sabe cobrar pelo serviço.

Muitos estão preocupados apenas com a concorrência e acabam cobrando valores baixos que não são suficientes para cobrir as despesas do serviço a ser executado. Quem se propõe a trabalhar desta forma acaba trabalhando na clandestinidade e sem identidade, pois não consegue estabelecer-se comercialmente. Estes optaram por atender seus clientes nas esquinas da vida e por isso não podem cobrar um valor considerado. Cobram pouco, por isso ganham pouco.

Já aqueles que reconhecem o seu valor como profissional, cobram aquilo que acham justo para executar um trabalho de qualidade e  principalmente com segurança. Não medem esforços para empreender o suporte necessário para atender as necessidades de seu cliente que pode pagar e quer pagar bem por um serviço de excelência.

Um trabalho de investigação pode envolver diversos profissionais, veículos e equipamentos no mesmo caso, por isso, os valores cobrados são altos.

Geralmente quem procura por este tipo de profissional, são pessoas de alto poder aquisitivo que precisam de informação para tomar determinadas decisões que vão decidir seu destino e futuro. Muitas vezes, são decisões que podem valer milhões de reais para o seu bolso. Para lucro ou prejuízo. Outras questões são para decisões de cunho familiar e alguns por questão de  honra.

E para confirmar o que estou falando, faça você mesmo uma pesquisa ligando para as agências de detetives passando-se por um cliente.

Prepare o seu coração.

Aproveite para ler algumas matérias sobre este assunto:

http://cilenebonfim.com/sete-profissoes-que-pagam-otimos-salarios-sem-a-necessidade-de-curso-superior/

http://www.novonegocio.com.br/oportunidades-negocios/como-trabalhar-como-detetive-particular/

http://www.idealdicas.com/profissao-detetive-particular/

Luiz Gomes é Detetive Privado há 26 anos, diretor da Agência Gomes Detetives Associados e Diretor de ensino da AIP – Academia de Inteligência Privada.

Sites recomendados

www.inteligenciaprivada.com

www.detetiveprivado.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:

About

4 Responses

  1. ANA CLÁUDIA says

    Eu sempre tive certeza que levo jeito para ser detetive,pretendo terminar meu curso de direito em 2014,e seguir a carreira

  2. ANA CLÁUDIA says

    sou estudante de direito e meu meu maior sonho é ser detetive

  3. Detetive particular says

    É uma profissão milionária hoje em dia, no entanto, com o número de pessoas cada vez mais elevado a seguir esta profissão (os cursos são rápidos e baratos e não é necessário grandes requisitos) a lei do mercado vai começar a funcionar, ou seja, aumento da concorrência, redução dos preços. Hoje em dia, do meu ponto de vista é cada vez mais fundamental, principalmente nesta actividade, apostar numa boa divulgação online dos serviços prestados, pois é onde muitas pessoas procuram por estes profissionais.
    O meu espaço sobre o assunto: http://www.odetetiveparticular.com/

  4. Detetive Valdemiro says

    Colocar uma tabela de preços nem sempre é justo, pois cada caso é um caso, variando de acordo com cada necessidade, a media cobrada a nível Brasil e de R$ 300,00 a diária com um contrato de no minimo 10 dias, no mercado você vai achar detetive que cobra uma diária de R$ 200,00 assim com ira achar Detetive cobrando R$ 600,00 a diária, nas capitais um bom detetive pode ganhar sem muitos esforços um salario de 9.000,00 podendo chegar a mais que o dobro deste valor, isso vai depender de sua experiencia, localização do escritório, publicidade etc.

    Os valores vão variar de acordo com equipamento usado, de dias trabalhados, tudo girando em torno de um trabalho muito eficiente, que leve a satisfação dos clientes.

    Investigar, não significa seguir fisicamente uma pessoa e sim utilizar a técnica adequada para atingir o objetivo do cliente.

    Por isso, você que precisa de uma investigação, entenda que existem orçamentos para diversos tipos de casos e pessoas.

    Existem casos onde o investigado por morar em bairros extremamente valorizados e bem vigiado, deverá ser vigiado fisicamente (se este for o caso) por duas ou mais pessoas localizadas estrategicamente em um carro próximo ao local e outro de motocicleta à distância para servir de apoio.

    Por este motivo o cliente deve levar em consideração o que o seu caso requer, e não escolher o profissional pelo orçamento “mais barato”.

    Lembre-se que para obter bons resultados, terá que escolher uma boa mão de obra profissional e utilizar os recursos adequados ao seu caso.

    Agência Nacional de Detetives Particulares Ltda.
    Desde 1995 Prestando Serviços de Alto Nível com Qualidade e Preço Justo.
    Nosso CNPJ: CNPJ: 00.405.339/0001-78
    Tel. (31) 3374-7234 / Plantão: (31) 9998-7834 (Vivo)
    Expediente: 2ª à 6ª de 9:30h às 11:30h e 13:30h às 16:30h. | Atendimento com horário marcado.